Resumo:

O conteúdo da presente proposta de Estágio Sênior consiste na realização de uma etapa de pesquisa mais ampla intitulada “„A expressão translúcida de Egon Schaden‟ – imigração, território colonial e trajetória antropológica” em fase de execução junto à UDESC no período de março de 2015 a julho de 2020. A pesquisa completa visa levantar a trajetória pessoal do antropólogo Egon Schaden, sua origem familiar, formação acadêmica, atividade profissional e produção científica. A presente proposta visa, especificamente, executar uma etapa deste trabalho que consiste no levantamento de vestígios de seus ancestrais na Alemanha e de sua própria passagem pela Alemanha em diferentes momentos. Além disto, o trabalho aqui proposto visa buscar familiaridade com o ambiente cultural da Alemanha, especialmente com sua língua, e fortalecer o embrionário trabalho de cooperação com o parceiro alemão Stefan Rinke – historiador dedicado ao estudo da emigração alemã lotado no Instituto de Estudos Latino Americanos da Universidade Livre de Berlim (LAI/FU). Espera-se, assim, contribuir com a história da Antropologia no Brasil, especialmente com o regate da trajetória de um importante antropólogo brasileiro, além de consolidar uma parceria com um importante espaço de produção científica e discussão acadêmica sobre temas de interesse para o Brasil. Download: Vestígios ES, Alemanha 2015 – 2016.

Detalhes

  • Client

    Pedro Martins - UDESC 2015-2016

  • Skills

    • História da Antropologia
    • Egon e Francisco Schaden
    • Pesquisa Científica
    • Alemanha