BOLETIM INFORMATIVO N. 5

Achados surpreendentes no arquivo de Egon Schaden fecham o ano de 2020

Boas surpresas foram reservadas à equipe de trabalho do projeto “Egon Schaden: organização do acervo para a preservação do legado e da memória”, nos últimos meses deste ano. Dando continuidade ao trabalho de abertura e fechamento de caixas e higienização das obras, documentos inéditos e surpreendentes foram revelados.
O primeiro deles foi uma cópia da Lei de criação da Universidade de Santa Catarina (UFSC) e do Plano da Cidade Universitária de Santa Catarina de 1957. Junto com estes importantes documentos estava um cartão pessoal de Henrique da Silva Fontes, encarregado dos estudos da criação desta universidade.

 

Documentos da criação da UFSC e cidade universitária de SC


Foram encontradas também diversas fotografias originais do antropólogo Leon Cadogan, que nasceu no Paraguai em 1899, e foi importante interlocutor do professor Egon Schaden, especialmente nas questões da etnologia indígena latinoamericana. As fotografias foram feitas por outro importante antropólogo e etnólogo, padre Bartolomeu Mellia, nascido na Espanha e radicado no Paraguai. As fotografias estão sem datas, mas nos indicam que foram tiradas em 1971, conforme consta na Biblioteca Digital Curt Nimuendajú.

 

 

Projeto Egon Schaden: organização do acervo para a preservação do legado e da memória – Instituto Egon Schaden/FCC/SC
| Coordenação geral: Tânia Welter e Rosane Schaden Preuss | Coordenação das atividades: Bianca Mara Souza | Estagiária: Mirela Schmoeller Nienkoetter | Assessora de Comunicação: Sandra Werle | Fotos: IES |

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked*

10 + 1 =